“MARF” Investe em edifício moderno para operação da “Chronopost” no Algarve

Um edifício moderno, adaptado à nova realidade da logística, e, em simultâneo, um versátil armazém, que pode adaptar-se a qualquer atividade, designadamente a armazenagem em frio. Esta é uma possível caracterização do imóvel cuja construção o Mercado Abastecedor da Região de Faro (MARF) vai iniciar em breve.

O novo pavilhão – que tem um concessionário já contratualizado, a “Chronopost Portugal – Transporte Expresso Internacional, SA – deverá estar concluído e disponível em junho do próximo ano.

A “Chronopost” está em Portugal desde 1997, tem cerca de 750 colaboradores, e apresenta-se como «parceiro privilegiado do setor empresarial que deseja beneficiar da entrega expresso de mercadorias em todo o território nacional e em mais de 230 países».

A concessão deste novo espaço no MARF – onde foi a primeira empresa a ocupar uma nave, em 2003 – é justificada pelo «grande crescimento da operação» desta empresa na região do Algarve.

Quanto ao investimento da empresa do Grupo SIMAB na execução do imóvel, que implica uma área de construção de 3 281,80 metros quadrados, ele ronda o milhão e meio de euros, só possível graças à sua boa saúde financeira.

Os rendimentos operacionais da “MARF, SA” – recorde-se – ascenderam, no primeiro trimestre deste ano, aos 371,5 milhares de euros, apresentando-se acima do orçamentado em 8,5 m€ (+2,4%) e praticamente em linha com o verificado em período homólogo do ano passado.

O Relatório de Execução Orçamental do primeiro trimestre deste ano explicita que os rendimentos operacionais “cash” ascenderam a 361,9 m€, apresentando-se acima do PAO1T19 em 9,5 m€ (+2,7%).

2019-07-29T12:05:59+00:00